sexta-feira, 21 de abril de 2017

Não seja ''o porquê'' de alguém



Eu sempre fui uma garota sensível, que chora fácil, que se magoa fácil, que se importa demais, que coloca muita expectativa nas pessoas e acaba se decepcionando depois. Tem pessoas que não sabem o quanto valorizamos elas, e que qualquer coisa que elas façam, ou qualquer palavra que elas digam, podem nos machucar. Não é errado ser assim, não é errado ter sentimentos. Não é errado se sentir magoado por ''pequenas coisas'', para alguém pode ser considerado ''bobagem'', mas só nos sabemos o tamanho da nossa dor, e o que aquela ''pequena coisa'' influencia nas nossas vidas.
Falar em tom agressivo, tocar em assuntos que não convém, inventar boatos, fazer ''brincadeiras'' de mal gosto. Todo mundo zoa os amigos, isso é normal. Mas temos que estar cientes se essa brincadeira é de fato uma brincadeira para a outra pessoa também. Às vezes essa tal brincadeira pode gerar algo muito maior, como o bullyng, por exemplo. Por isso temos que ter muito cuidado com os nossos atos e as nossas palavras, porque não temos conhecimento do que pode causar na vida da outra pessoa. 
Eu mesma, por ter morado em cidade pequena, já fui alvo de boatos, pessoas falando coisas de mim que não eram verdade. Pessoas que nem me conheciam falando coisas horríveis. Dói saber que as pessoas não gostam de você sem motivo, sem você ter feito absolutamente nada. Mas infelizmente, essas pessoas existem e sempre vão existir. Sempre vai ter alguém querendo te colocar pra baixo, querendo fazer você pensar que é, o que não é. Não deixe essas pessoas te afetarem. Você é maior que tudo isso. E não é a opinião delas, e as mentiras que elas falam sobre você, que vai tirar a sua essência, e mudar o fato de você ser, quem você é.
Eu sei, somos humanos e todo mundo erra. Quem nunca disse algo sem pensar para alguém e depois se deu conta que não deveria ter falado? Quem nunca fez uma brincadeira que considerava ''inocente'' sem saber que ela poderia magoar alguém? Quem nunca deixou de valorizar quem deveria ter valorizado? Quem nunca deixou de demonstrar o quanto se importa? Como eu disse, são ''pequenas coisas'' que fazemos, ou deixamos de fazer, que pode ser crucial na vida de alguém. 
Como no caso de Hannah Baker, do livro e seriado 13 reasons why. Todas essas ''pequenas coisas'' que fizeram com ela e consideravam ''bobagens'', foram se formando uma bola de neve a ponto dela se sentir como se não tivesse ninguém. Ela se sentia sozinha, como se todas as pessoas odiassem ela, até mesmo o cara que ela gostava e também gostava dela. Ele não percebeu o que estava acontecendo, talvez se ele tivesse dito ''eu me importo''. Não só ele, se qualquer pessoa tivesse ficado do lado dela e percebido que ela não estava bem, se algum dos ''porquês'' tivesse se arrependido e pedido desculpas pelo que fez, tudo poderia ter sido diferente. No caso dela não foi, mas no caso de outra pessoa pode ser. 
Eu dei exemplo de um seriado, mas isso acontece na vida real. Existem várias Hannah's Bakers espalhadas pelo mundo, precisando de ajuda. Precisando de alguém que diga ''eu estou do seu lado.'' Eu já fui uma Hannah Baker, e tive um final diferente, por nunca ter esquecido quem eu sou, e por ter pessoas do meu lado que eu sabia que podia contar.
Por isso, não seja um ''porquê'' na vida de alguém. Se errou? Peça desculpas. Se importa? Diga. Se ama? Demonstre. 
Antes que seja tarde demais.


E se você que está lendo isso, estiver passando por algo parecido, não faça como a Hannah, não desista da sua vida. Existem sim, pessoas que se importam e que estão ao seu lado. A gente só vive uma vez, e precisamos aproveitar a nossa vida da melhor forma possível. Não se deixe abalar pelo que as pessoas falam de você. Você sabe quem você é. Nunca se esqueça disso.





0 comentários:

Postar um comentário

 

Chá das Cinco Template by Ipietoon Cute Blog Design and Bukit Gambang